(75)99272-8565

NO AR

SHOW DA NOITE

Com DJ RÁDIO DMD

Brasil

IPUPIARA: TEME CONTAMINAÇÃO POR COVID -19 AO RECEBER 150 TRABALHADORES DO MARANHÃO

Publicada em 22/05/20 as 22:42h por Radio Bahia Gospel - 59 visualizações


Compartilhe
   

Link da Notícia:

“Nada pode parar o progresso de uma cidade”. Mas qual o preço que se deve pagar para se garantir esse franco desenvolvimento? Quantas vidas devem ser sacrificadas? Quantas famílias deverão contribuir com essa cota de sacrifício? Enfim, a quem cabe essa decisão?

Desde segunda-feira 18, que a pacata cidade de Ipupiara a 602,9 Km de Salvador, está em estado de alerta máximo ao saber que o gestor público municipal Sr. Ascir Leite (PP/BA), resolveu receber 150 trabalhadores oriundos do Maranhão, estado com mais de 16 mil casos confirmados de Coronavírus e mais de 600 mortes pelo novo Coronavírus (Covid – 19), para trabalharem na Planta de Energia Eólica gerida pela PLANOVA. Sobre o assunto o Fox Notícias sob o comando do apresentador Roberico Silva, conversou com o comerciante Armirandy Salomão Ribeiro dos Santos, que também é liderança política naquela cidade sobre esse assunto que iniciou falando de o procedimento protocolar que é nacional/mundial que não passa transparência na condução dos procedimentos: “Primeiro que não há certeza de que alguém passou pelo teste rápido de Coronavírus e, dos respectivos resultados. E, se alguém é assintomático? Quantos de nós vão pagar esse preço porque o gestor decidiu pelo progresso a qualquer custo sem se importar com as consequências? ”Declarou Armirandy.

Armirandy também salientou que os testes existentes no município foram enviados para a população local e não para trabalhadores contratados de empresa particular que tem a obrigação de bancar esses custos. “Todavia, queremos que filmem os testes sendo realizados em cada uma dessas pessoas como também a divulgação dos respectivos resultados. Quanto a quarentena/isolamento social, é preciso que exista na prática e não apenas em tese. Digo isso porque em nossa farmácia recebemos três desses trabalhadores. Isto aumentou nossa preocupação, pois a quarentena foi quebrada, estão circulando livremente em nossa cidade expondo nosso povo ao risco real de contaminação” acrescentou Salomão.

Armirandy Salomão disse que o mais estranho é que para rede de transmissão não é necessária mão de obra qualificada porque se trata de serviço braçal: “Será que todos os nossos jovens e chefes de famílias estão trabalhando ou não sabem fazer esse tipo de trabalho? É outra explicação que o gestor municipal precisa esclarecer porque está permitindo a importação de mão de obra sem necessidade”, desabafou Armirandy.

Disse ainda Salomão que, se o fato persistir irá acionar o MP- Ministério Público Estadual e até o MPF – Ministério Público Federal já que o assunto é de conotação federal. “Já estou consultando minha assessoria jurídica para tomada de providências cabíveis”. Armirandy finalizou deixando claro que não faz acepção de pessoas. Isto é, não é porque são trabalhadores do Maranhão ou de qualquer outro lugar, mas porque neste momento de Pandemia é imprudente receber tantas pessoas de qualquer lugar e, principalmente de um estado com alto índice de contaminação e morte por coronavírus (Covid -19).

“Aproveito também para lançar uma campanha solidária. Vou está distribuindo a partir deste sábado 23, cem caixas de álcool em gel com 12 unidades em cada caixa, para os seguintes beneficiários: Igrejas, associações, ONGS, Sindicatos, pessoas da área de saúde (exceto médicos), Garis e ajudantes, varredeiras, e faxineiros públicos. Os interessados conforme citados, poderão retirar os produtos na Anafarma ou na farmácia do meu irmão”

 

Fonte: Rádio Bahia Gospel Web




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








.

LIGUE E PARTICIPE

(75) 9272-8565

Visitas: 240917
Copyright (c) 2020 - RÁDIO DMD ITABERABA-BA